Please use this identifier to cite or link to this item: https://rd.uffs.edu.br/handle/prefix/1092
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisor1Deimling, Moacir Francisco-
dc.creatorCoutinho, Jéssica Carla Fonseca-
dc.date2017-07-12-
dc.date.accessioned2017-09-29T12:19:08Z-
dc.date.available2017-08-31-
dc.date.available2017-09-29T12:19:08Z-
dc.date.issued2017-
dc.identifier.urihttps://rd.uffs.edu.br/handle/prefix/1092-
dc.description.resumoCom a expansão das Universidades Federais por todo Brasil uma das consequências dessa ampliação foi o aumento significativo do Patrimônio destas instituições, diante deste crescente aumento pode-se justificar a necessidade das universidades públicas controlarem seu patrimônio. Por isto, este trabalho tem como objetivo analisar o controle de materiais permanentes existentes na Universidade Federal da Fronteira Sul, desenvolvidos no ano de 2016. Para o alcance do objetivo buscou-se os conceitos na literatura, partindo-se do princípio de que o controle dos bens públicos, especificamente os bens permanentes devem atender o que determinam as normas, cabendo a Instituição Pública, no caso a UFFS, prestar contas do uso dos bens sob sua responsabilidade. A pesquisa visa compatibilizar o referencial teórico, o ordenamento legal e as peculiaridades da gestão e do controle patrimonial em ambiente universitário. Para a realização deste estudo, a metodologia utilizada caracteriza-se por um estudo de caso, com abordagem qualitativa e descritiva, além de ser uma pesquisa documental. A coleta de dados foi realizada por meio de questionários e entrevistas semiestruturadas. Participaram deste estudo tendo como foco principal os servidores patrimoniais da Reitoria (SUGEP, DGPAT, SERR, SEDIC, DMAN) e os agentes patrimoniais do Campus Chapecó (ASSLOS-CH) e tendo como secundários os usuários dos serviços patrimoniais e os outros agentes dos outros Campi. Os resultados demonstram que apenas ações de controle não são suficientes para uma gestão patrimonial eficiente. Por isso, entende-se que além do controle, é preciso adotar medidas de padronização, manutenção, avaliação e desfazimento dos bens. A Universidade Federal da Fronteira Sul tem evoluído neste sentido ao longo de sua existência, especialmente na procedimentação de seus fluxos internos que se encontram bem estruturados e em pleno funcionamento. No entanto, sempre existem aspectos que podem ser melhorados, assim, não basta que a gestão esteja voltada aos controles procedimentais, mas que invista no propósito de alcançar um nível de serviço adequado, tanto em economia de recursos como em prover o melhor atendimento.pt_BR
dc.description.provenanceSubmitted by Jeferson Rodrigues de Lima (jeferson.lima@uffs.edu.br) on 2017-08-31T18:25:31Z No. of bitstreams: 1 COUTINHO.pdf: 4134351 bytes, checksum: 762d45406daec2b7ba7c46c92349289a (MD5)en
dc.description.provenanceApproved for entry into archive by Diego dos Santos Borba (dborba@uffs.edu.br) on 2017-09-29T12:19:08Z (GMT) No. of bitstreams: 1 COUTINHO.pdf: 4134351 bytes, checksum: 762d45406daec2b7ba7c46c92349289a (MD5)en
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2017-09-29T12:19:08Z (GMT). No. of bitstreams: 1 COUTINHO.pdf: 4134351 bytes, checksum: 762d45406daec2b7ba7c46c92349289a (MD5) Previous issue date: 2017en
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal da Fronteira Sulpt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsUFFSpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectMateriais permanentespt_BR
dc.subjectPatrimônio públicopt_BR
dc.subjectProcessos de controle dos materiais permanentespt_BR
dc.subjectINDpt_BR
dc.titleEstudo dos processos de controle de materiais permanentes na Universidade Federal da Fronteira Sulpt_BR
dc.typeMonografiapt_BR
Appears in Collections:TCC Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
COUTINHO.pdf4,04 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.