Please use this identifier to cite or link to this item: https://rd.uffs.edu.br/handle/prefix/1225
Type: Monografia
Title: O cotidiano do cuidado da criança com câncer no domicílio: percepção do cuidador familiar
Author: Gazzoni, Cristal
First advisor: Potrich, Tassiana
Resume: O cuidador familiar da criança com câncer, além das demandas habituais de crescimento e desenvolvimento, depara-se com demandas específicas de cuidado da condição clínica. A criança se torna mais dependente em suas necessidades biológicas, como higiene, alimentação e repouso. Pode ocorrer isolamento social e conflitos entre os pais, uma vez que estão sempre envolvidos com o filho doente; alteração no papel materno, onde a mãe passa a se dedicar exclusivamente ao filho doente; a renda da família passa a ser reduzida, pois um dos membros assume o papel de cuidador. A partir do exposto, buscou-se responder a questão de pesquisa “Como é o cotidiano de cuidado da criança com câncer na perspectiva do cuidador familiar?” Assim, o presente estudo tem como objeto de estudo o cotidiano do cuidado à criança com câncer no domicilio e como objetivo: descrever como é o cotidiano do cuidado da criança com câncer no domicílio na percepção do cuidador familiar. Trajetória metodológica: para atingir o objetivo de pesquisa proposto foi utilizada a abordagem qualitativa de natureza descritiva exploratória. A produção de dados se iniciou após a aprovação pelo CEP por meio de entrevista com roteiro de questões abertas, respeitando os aspectos éticos da pesquisa com seres humanos da Resolução 466/12. Participaram deste estudo cinco cuidadores familiares, que residem no município de Chapecó e que realizam o cuidado a criança com câncer no domicílio. A análise de dados esta fundamentada no método de análise de conteúdo de Bardin (2009). Os resultados apontam para desafios no enfrentamento do câncer infantil, onde o cotidiano do cuidado da criança com câncer no domicilio na percepção do cuidador familiar é permeado pela descoberta do diagnóstico, constituindo é um momento muito difícil, de dor e tristeza; o cotidiano de cuidado requer atenção redobrada, pois todo o cuidado é pouco devido ao novo estado clinico da criança; O cuidador familiar requer apoio para desenvolver os cuidados, pois constitui-se uma atividade exaustiva e exclusiva de uma única pessoa (o cuidador familiar principal); a partir da descoberta da doença na criança a rotina familiar precisa de adaptação, passando por um processo de transformação e adaptação a partir das novas informações que vão surgindo no desenrolar do diagnóstico e tratamento. Conclui-se que o diagnóstico de câncer na criança provoca uma reestruturação das atividades diárias desempenhadas pelo cuidador familiar e por toda a família da criança. Um dos maiores problemas encontrados está na falta de auxilio para desenvolver o cuidado. Sugerem-se, grupos de saúde envolvendo estes cuidadores familiares para a troca de experiências e criação de estratégias de cuidado que minimizem suas dificuldades.
Abstract: The family caregivers of children with cancer, besides the usual demands of growth and development, is faced with specific demands care of the clinical condition. The child becomes more dependent on their biological needs, such as hygiene, nutrition and rest. There may be social isolation and conflict between the parents, since they are always involved with the sick child; change in maternal role, where the mother started to devote himself exclusively to the sick child; family income shall be reduced because one of the members assumes the role of caregiver. From the foregoing, we sought to answer the research question "How is the care of children with cancer everyday in the perspective of the caregiver?" Thus, this study is the object of study of the everyday care of children with cancer in the household and the objective: to describe how the child-care at home everyday with cancer in the perception of family caregivers. Methodological approach: to achieve the objective of the proposed research we used the qualitative approach of descriptive exploratory nature. Their production began after the approval by the IRB through an interview with script of open questions, respecting the ethical aspects of research with human beings of Resolution 466/12. The study included five family caregivers who reside in Chapecó and performing the care of children with cancer at home. Data analysis based on this Bardin content analysis method (2009). The results point to challenges in coping with childhood cancer, where the cancer with child care everyday in the household in the perception of family caregivers is permeated by the discovery of the diagnosis, making it a very difficult time, pain and sorrow; care of daily life requires careful attention, for all the care is due to the new clinical condition of the child; The family caregiver requires support to develop care, since it constitutes an exhaustive and exclusive activity of a single person (the primary family caregiver); from the discovery of the disease in children, the family routine needs adaptation, through a process of transformation and adaptation based on the new information emerging in the course of diagnosis and treatment. We conclude that the diagnosis of cancer in children causes a restructuring of daily activities performed by the family caregiver and the child's entire family. One of the biggest problems encountered is the lack of assistance to develop care. We suggest, health groups involving these family caregivers for the exchange of experience and establishing care strategies that minimize their difficulties.
Keywords: Cuidado domiciliar de saúde
Cuidadores familiares
Enfermagem
Neoplasia
Saúde da criança
IND
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Fronteira Sul
Acronym of the institution: UFFS
Type of Access: Acesso Aberto
URI: https://rd.uffs.edu.br/handle/prefix/1225
Issue Date: 2014
Appears in Collections:TCC Enfermagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GAZZONI.pdf2,13 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.