Please use this identifier to cite or link to this item: https://rd.uffs.edu.br/handle/prefix/1632
Type: Monografia
Title: Estudo da vaidade feminina e sua influência no consumo compulsivo de cosméticos
Author: Kunkel, Cristina
First advisor: Visentini, Monize Sâmara
metadata.dc.contributor.referee1: Dalcin, Dionéia
metadata.dc.contributor.referee2: Oliveira, Fabricio Costa de
Resume: O consumo é necessário para que as pessoas adquiram produtos essenciais para a vida humana. Mas há pessoas que consomem quantidades que não precisam e/ou que nunca irão usar, tem-se aí característica de pessoas com Transtorno do Comprador Compulsivo (TCC). Vários autores afirmam que o gênero feminino possui maior propensão para possuir TCC. Dentre os produtos que as mulheres compram compulsivamente estão os cosméticos. Para tanto, essa pesquisa tem como objetivo verificar a relação entre a vaidade feminina e a compra compulsiva de cosméticos. A metodologia adotada foi a descritiva, do tipo transversal único e abordagem quantitativa. A população desta pesquisa são todas as mulheres brasileiras com mais de 18 anos, usuárias do Facebook, e a amostragem é não probabilística. Para a realização do estudo, foi aplicada uma survey online, disponibilizada na rede social Facebook. O questionário foi subdividido em três blocos de perguntas, sendo que o primeiro refere-se a questionamentos relacionados ao perfil da respondente, o segundo é a Escala da Vaidade desenvolvida por Netemeyer, Burton e Lichtenstein (1995) e por fim a Escala da Compra Compulsiva adaptada de Faber e O‟Guinn (1992). Para a análise dos dados foram utilizados os softwares “Microsoft Office Excel 2010™” e “Statistical Package for the Social Sciences™ – SPSS 21.0” versão livre para testes. Foi realizada estatística descritiva, análise de dados cruzados e estatística inferencial por meio dos testes de hipóteses, a fim de verificar as hipóteses traçadas no modelo teórico da pesquisa. O perfil da amostra é caracterizado por ter idade média de 24,5 anos, majoritariamente são do estado do Rio Grande do Sul (91%), estudantes (43,9%), possuem ensino superior incompleto (57,8%), solteira (74,6%), ganha até 2 salários mínimos (47,4%), não possui filhos (83,2%), mora na zona urbana (77,5%) e possui cartão de crédito (53,8%). Como principais resultados, obteve-se que a maioria das respondentes é vaidosa (75,7%) e consumidoras normais (88,4%), sendo que estatisticamente não se pode afirmar que a vaidade influencia na compra compulsiva de cosméticos.
Abstract: Consumption is an usefull tool for people to acquire essential products for the human life. However, there are people who consume more than needed, or buy unnecessary quantities, these are characteristics of Compulsive Buying Disorder (CBD). It is stated by many authors that female gender is more susceptible to CBD. Cosmetics are among the products that women buy compulsively. Being that, this research aims to verify the relation between female vanity and the compulsive buying of cosmetics. A descriptive study was adopted as methodology, through an unique cross-sectional and quantitative approach. The study‟s population is defined by all brazilian women above 18 years old who are Facebook users, based on a no probabilistic sampling. To develop the study, an online survey was applied through the social network site Facebook. The questionnaire was divided into three block, the first block refers to profile‟s questions, second block was the Vanity Scale developed by Netemeyer, Burton and Lichtenstein (1995), at last, the Compulsive Buying Scale adapted from Faber and O‟Guinn (1992). Softwares Microsoft Office Excel 2010™ and Statistical Package for the Social Sciences™ – SPSS 21.0 were used to analyse data. A descriptive statistics was developed along with an analysis of cross-sectional data and statistical inference by hypothesis tests in order to investigate the hypothesis created to the research theoretical model. Characteristics of the sample profile show a medium age of 24,5 years old, on its majority from Rio Grande do Sul state (57,8%), student (43,9%), with incomplete higher education (57,8%), single (74,6%), earning up to 2 minimum salary (47,4%), with no children (83,2%), living at urban zone (77,5%) and owning a credit card (53,8%). As the leading results, the majority of respondents presented to be vain (75,7%) and ordinary consumers (88,4%), therefore, statistically, it can not be proven that vanity influences the compulsive buying of cosmetics.
Keywords: Cosméticos
Redes sociais
Transtorno do Comprador Compulsivo
Consumidores compulsivos
Gênero feminino
Mulheres brasileiras
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Fronteira Sul
Acronym of the institution: UFFS
College, Institute or Department: Campus Cerro Largo
Type of Access: Acesso Aberto
URI: https://rd.uffs.edu.br/handle/prefix/1632
Issue Date: 25-Nov-2015
Appears in Collections:TCC Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
KUNKEL.pdf1.31 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.