Please use this identifier to cite or link to this item: https://rd.uffs.edu.br/handle/prefix/1669
Type: Dissertação
Title: O uso de canais de distribuição curtos nas relações comerciais de agricultores familiares de Santa Rosa / RS - a feira livre
Author: Thomé, Carlos
First advisor: Dalcin, Dionéia
metadata.dc.contributor.referee1: Schneider, Evandro Pedro
metadata.dc.contributor.referee2: Moraes, Cléia dos Santos
Resume: A inserção no mercado de produtos alimentares é um desafio para pequenos agricultores familiares na comercialização de suas mercadorias, e compreender a utilização dos canais de distribuição curtos - feira livre - acessados por produtores de Santa Rosa/RS foi o objetivo geral desta dissertação. Para o desenvolvimento da pesquisa foi dado um enfoque qualitativo de alcance exploratório, sendo que inicialmente aplicou-se um questionário estruturado para 38 feirantes e, posteriormente, utilizou-se o método de grupo focal com 18 desses participantes para aprofundar o estudo. A análise dos dados se deu pela utilização da estatística descritiva aos dados quantizáveis e pela análise de conteúdo de Bardin às informações qualitativas. A partir da exploração das informações, pode-se constatar que o grupo de feirantes é formado por pequenos agricultores (minifundiários), que estão na meia idade, possuem baixa escolaridade e utilizam a pluriatividade como uma estratégia para melhorar a renda familiar. A produção nas propriedades envolve legumes, verduras, raízes, cereais, oleaginosas e animais, produzidos para a subsistência familiar e/ou comercialização. Entre os canais de distribuição acessados, os curtos se constituem como alternativa mais atrativa para este público, sendo a feira livre a mais utilizada em função de nela encontrarem mais vantagens econômicas (melhor e maior preço para seus produtos e recebimento à vista, por exemplo), promover a inclusão social e poderem trabalhar com mais liberdade, além de contar com a presença de elementos tradicionais/culturais. Além disso, ela representa o mecanismo de venda mais rentável e a única fonte de renda para uma parcela significativa de feirantes. Ademais, com a venda na feira livre os produtores podem trabalhar com mais liberdade de acordo com seus valores, condições e crenças próprias em busca de autonomia e autossuficiência. Destarte, foram identificados mais elementos positivos do que negativos na comercialização neste espaço, estando entre os positivos mais apontados a proximidade com os consumidores, o recebimento à vista, baixos custos com publicidade e a venda na medida em que a produção acontece, e entre os negativos a incerteza nas vendas e as restrições impostas pela legislação sanitária. A sobreposição de substantivos positivos aos negativos reflete favoravelmente aos feirantes, principalmente pelas implicações econômicas positivas que lhes traz bem-estar. Neste sentido, a feira livre pode ser considerada um instrumento de promoção do desenvolvimento, embora haja fragilidades no processo que limita os produtores, como as restrições impostas na legislação sanitária e que lhes gera insegurança. Assim, faz-se necessário a criação de políticas públicas mais robustas para fortalecer este grupo de agricultores em suas buscas por maior autonomia e autossuficiência.
Abstract: The integration in the market of food products is a challenge for small family farmers in the trading of their goods, and the understanding of the use of short supply chains – street market - accessed by producers of Santa Rosa/RS was the general purpose of this dissertation. For the development of the research it was given a qualitative approach of exploratory scope, being initially applied a structured questionnaire to 38 street traders and, subsequently, the focus group method with 18 of these participants was used for further study. Data analysis was done by the use of descriptive statistics of the quantifiable data and by the analysis of content of Bardin for the qualitative informations. From the analysis of the informations, it can be noticed that the group of street traders is constituted by small farmers (minifundiaries), who are middle-age, have low schooling and use the pluriactivity as a strategy to improve family income. The production of the farms involves vegetables, greens, roots, cereals, oilseeds and animals, produced for family subsistence and/or commercialization. Among the distribution channels accessed, the short ones consist of a more attractive alternative for this public, being the street market the most used because it brings more economic advantages (better and higher price for the products and cash payments, for example), promotes social inclusion and enables work with more freedom, besides the presence of traditionals/cultural elements. In addition, it represents the most profitable sale mechanism and the only source of income for a significant portion of street traders. Furthermore, with the sale in the street market, producers can work more freely according to their own values, conditions and beliefs in search of autonomy and self-sufficiency. So, more positive than negative elements were identified in the commercialization is this space, being among the most positive ones the proximity to consumers, cash payments, low advertising costs and the sale as the production occurs, and among the negative the uncertainty in sales and the restrictions imposed by sanitary legislation. The overlap of positive over negative nouns reflects favorably at the street markets, mainly by the positive economic implications that bring them well-being. In this sense, the street market can be considered as an instrument to promote development, although there are weaknesses in the process that limit producers, such as restrictions imposed by sanitary legislation and that generate insecurity for them. Thus, it is necessary to create more robust public policies to strengthen this group of farmers in their search for greater autonomy and self-sufficiency.
Keywords: Produtos alimentares
Mercados alternativos
Santa Rosa
Comercialização
Feira livre
Agricultores
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Fronteira Sul
Acronym of the institution: UFFS
College, Institute or Department: Campus Cerro Largo
Name of Program of Postgraduate studies: Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Políticas Públicas
Type of Access: Acesso Aberto
URI: https://rd.uffs.edu.br/handle/prefix/1669
Issue Date: 11-Aug-2017
metadata.dc.level: Pós-graduação Stricto sensu (Mestrado)
Appears in Collections:Desenvolvimento e Políticas Públicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
THOMÉ.pdf2,9 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.