Please use this identifier to cite or link to this item: https://rd.uffs.edu.br/handle/prefix/2536
Type: Monografia
Title: Empoderamento feminino e maternidade: análise das representações da mulher-mãe e seus discursos de negação
Author: Oliveira, Daiana Francieli da Rosa de
First advisor: Antunes, Camila Sissa
Resume: Este trabalho aborda o empoderamento feminino e a maternidade, e reflete a partir das representações sociais que constroem o lugar da mulher e do feminino atrelado à maternidade, criando a “mulher-mãe”. Tem como objetivo geral, analisar e compreender as mudanças mais pertinentes da forma de pensar e agir de um grupo de mulheres que buscam primeiro a sua independência socioeconômica, para depois decidir questões relacionadas a maternidade e também daquelas que optaram pela não maternidade. É dada ênfase aos discursos que refletem e/ou negam esta condição socialmente construída. Desenvolve-se a partir de revisão de literatura e discursos das mulheres que participaram deste trabalho, que foram no total 12 mulheres, com idade acima de 28 anos, sem filhos (com exceção de uma que teve filho após os 40 anos) e que, portanto, apresentam características opostas aos padrões culturais naturalizados socialmente, pelo senso comum. Essas mulheres, representam este novo modelo de vida que vem sendo adotado gradativamente pelas mulheres e que apresenta características abordadas em teorias feministas, tais como a do empoderamento feminino, que defende a participação e posicionamento social das mulheres em todos os campos sociais, políticos e econômicos. Dentre os temas abordados, está um importante debate voltado a questões relacionadas à maternidade e ao ato de não ser mãe. Para compreender esta nova visão utilizada por parte das mulheres da atualidade, foi necessário apresentar momentos históricos relevantes do gênero feminino, suas lutas e transformações, que resultaram na repaginação de parte mulheres. Dentre as entrevistadas, as concepções quanto ao tema foram apresentadas de diversas formas conforme a historicidade de cada uma, porém um ponto em comum em todas é a busca constante pela independência feminina, em contraponto aos costumes e hábitos impostos socialmente que reforçam o machismo e o patriarcado da nossa sociedade.
Abstract: This work addresses women's empowerment and motherhood, and reflects from the social representations that build the place of the woman and the feminine coupled to motherhood, creating the "mother-woman". lts general objective is to analyze and understand the most pertinent changes in the way of thinking and acting of a group of women who first seek their socioeconomic independence and then decide issues related to maternity and also those who have opted for non-maternity. Emphasis is placed on discourses that reflect and / or deny this socially constructed condition. It develops from literature review and speeches of the women who participated in this work, which were a total of 12 women, aged above 28 years, without children (except one who had children after 40 years) and who, therefore, present characteristics that are opposed to socially naturalized cultural standards, by common sense. These women represent this new model of life that has been gradually adopted by women and presents characteristics that are addressed in feminist theories, such as women's empowerment, which advocates the participation and social positioning of women in all social, political and economic fields. Among the topics addressed, there is an important debate focused on issues related to motherhood and the act of not being a mother. To understand this new vision used by women today, it was necessary to present relevant historical moments of the feminine gender, their struggles and transformations, which resulted in the repagination of women. Among the interviewees, conceptions about the theme were presented in different ways according to the historicity of each one, but a common point in all of them is the constant search for female independence, as opposed to the customs and socially imposed habits that reinforce machismo and patriarchy of our society.
Keywords: Maternidade
Feminismo
Representação (Filosofia)
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Fronteira Sul
Acronym of the institution: UFFS
College, Institute or Department: Campus Chapecó
Type of Access: Acesso Aberto
URI: https://rd.uffs.edu.br/handle/prefix/2536
Issue Date: 2017
Appears in Collections:TCC Ciências Sociais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
OLIVEIRA.pdf22,21 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.