Please use this identifier to cite or link to this item: https://rd.uffs.edu.br/handle/prefix/3164
Type: Monografia
Title: Relação entre o exame citopatológico, a infecção pelo papiloma vírus humano e neoplasias do colo do útero
Author: Barile, Mônica Palos
First advisor: Acrani, Gustavo Olszanski
metadata.dc.contributor.referee1: Polettini, Jossimara
metadata.dc.contributor.referee2: Biffi, Maríndia
Resume: Entre os tumores malignos que atingem o aparelho reprodutor feminino, o do colo de útero destaca-se pela elevada incidência. O objetivo do estudo foi identificar a frequência de exames citológicos de colo de útero alterados, bem como sua relação com a infecção pelo Papiloma Vírus Humano e com as neoplasias de colo uterino. Foram estudadas mulheres residentes em zona urbana, que realizaram exame citopatológico no período entre 2015 e 2017, e que continham registros no Sistema de Informações do Câncer (Siscan), acessado pelo Centro de Referência em Saúde da Mulher e de Saúde da População de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Intersex, do município de Passo Fundo/ RS. Foram consideradas como variáveis dependentes: alterações de exames de citopatológico, colposcopia e biópsia, e independentes: idade da mulher, o tipo de alteração do exame citopatológico e, resultado da biópsia. No período foram realizados 25.323 exames citopatológicos, com um total de 815 alterações (3,2%). A faixa etária mais acometida pelas alterações foi a de 30-40 anos. A principal alteração encontrada foi “Células Atípicas De Significado Indeterminado Possivelmente Não Neoplásicas (ASC-US)”, correspondente a 431 casos (52,8% das alterações). A Lesão Intraepitelial De Baixo Grau, que compreende o efeito citopático pelo Papiloma Vírus Humano (HPV) e neoplasia intraepitelial cervical Grau I foi encontrada em 164 casos (20,1% das alterações). Após exame de colposcopia, 181 pacientes realizaram biópsia, sendo o laudo mais prevalente: “NIC I (Displasia Leve) com Alterações Citoarquiteturais Compatíveis Com Ação Viral Pelo HPV” (21,5%). Em conclusão, verificou-se uma elevada prevalência de alterações que podem evoluir para neoplasias de colo uterino, com ênfase naquelas sugestivas da presença de HPV, mais especificamente nas pacientes abaixo de 25 anos de idade, evidenciando a importância do incentivo à realização de exames preventivos.
Keywords: Detecção de sinal (percepção)
Neoplasias do colo uterino
Rastreamento
Papiloma
Vírus
Colo uterino
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Fronteira Sul
Acronym of the institution: UFFS
College, Institute or Department: Campus Passo Fundo
Type of Access: Acesso Aberto
URI: https://rd.uffs.edu.br/handle/prefix/3164
Issue Date: 2018
Appears in Collections:TCC Medicina

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MÔNICA PAOS BARILE.pdfMÔNICA PALOS BARILE.pdf1.1 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.