Please use this identifier to cite or link to this item: https://rd.uffs.edu.br/handle/prefix/5626
Type: Monografia
Title: O machismo na trajetória de vida de seis mulheres torcedoras da dupla grenal
Author: Pereira, Stéfany
First advisor: Lindo, Paula Vanessa de Faria
metadata.dc.contributor.referee1: Gonçalves, Talita Fernandes
metadata.dc.contributor.referee2: Kozenieski, Everton de Moraes
Resume: Quando pensamos em futebol, nossa primeira memória nos remete ao Brasil, a ser o país que carrega o título de país do futebol. Esse espaço e território tão abrangente, em um eterno processo de (des)construção e de participação cada vez mais efetiva de grupos invisibilizados, carrega inúmeros e inúmeras brasileiros e brasileiras que se identificam fervorosamente com essa paixão nacional de torcer e amar o esporte. A participação de grupos subalternizados, como das mulheres na construção do esporte é pouco ou nada documentada. Ao longo da história, houve um afastamento significativo e uma proibição efetiva nesses momentos do esporte. Ao longo do século, com a ajuda do feminismo, as mulheres foram sendo visibilizadas e foram lutando para estar presente no espaço designado como masculino, seja como jogadora, torcedora ou tantas outras formas de estar se fazendo aliada a esse fenômeno. Buscamos nesse trabalho compreender como as estruturas e bases machistas de nossa sociedade se manifestam nas trajetórias de grupos de mulheres (de idade, etnia, orientação sexual distintas) torcedoras que fazem parte do universo futebolístico do Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense e Sport Club Internacional. Afim de responder essa problemática, buscamos bibliografias das áreas de Geografia, Gênero e Futebol. Aliado a isso, a metodologia desse trabalho final conta com entrevista e a técnica de representação cartográfica Relief Maps e análise de conteúdo. A importância de discutir esse tema se dá afim de entender através das mulheres torcedoras, como é percorrer e habitar o espaço do futebol construído como masculino. Além disso, é fazer com que cada vez mais as mulheres estejam habituadas e inseridas nesses espaços de estigma masculino, com uma maior proteção, segurança e respeito, e que possa auxiliar em certa medida com uma construção de uma ciência geográfica moderna e feminista, fazendo com que esse tema se faça presente cada vez mais.
Abstract: When we think about soccer, our first memory takes us back to Brazil, to being the country that carries the title of a country of soccer. This space and territory so comprehensive, in na eternal process of (des)construction and increasingly effective participation of invisible groups, carries countless and countless brazilians who fervently identify with this national passion to support and love the sport. The participation of subordinate groups, such as women, in the construction of sport is little or not documented. Throughout history, there has been a very significant departure and na effective ban at these moments in the sport. Throughout the century, with the help of feminism, women were made visible and fought to be presente in the space designated as masculine, whether as a player, supporter or many other ways of being allied to this phenomenon. In final paper, we seek to understand how the sexista structures and bases o four society are manifested in the trajectories of women groups (of different age, ethnicity, sexual orientation) who are parto f the football universe of Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense and Sport Club Internacional. In order to answer this problem, we searched for bibliographies in the áreas of Geography, Gender and Soccer. In addition, the methodology of this final paper includes interviews and the Relief Maps cartographic representation technique and contente analysis. The importance of discussing this topic is given in order to understand through the of women supports, what it is like to go through and inhabit the soccer space built as masculine. In addition, it is to make women more and more accustomed to and inserted in theses spaces of male stigma, with greater protection, security and respect, and that can help to some extent with the construction of a modern and feminist geographical science, making this theme more and more present.
Keywords: Geografia do Gênero e sexualidade
Futebol
Machismo
Trajetórias
Mulheres
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Fronteira Sul
Acronym of the institution: UFFS
College, Institute or Department: Campus Erechim
Type of Access: Acesso Aberto
URI: https://rd.uffs.edu.br/handle/prefix/5626
Issue Date: Mar-2022
Appears in Collections:Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PEREIRA.pdf2,19 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.