Please use this identifier to cite or link to this item: https://rd.uffs.edu.br/handle/prefix/755
Type: Dissertação
Title: A situação do alemão em Tunápolis e Cunha Porã, Santa Catarina: dimensão diarreligiosa
Author: Wehrmann, Clarí
First advisor: Horst, Cristiane
Resume: Este estudo objetiva investigar o grau de manutenção de variedades alemãs em contextos plurilíngues - variedades alemães variedades portuguesas–, nas cidades de Tunápolis (SC) e Cunha Porã (SC). A presença de variedades alemães nesses locais decorre da colonização alemã, porém com o diferencial de que Tunápolis foi colonizada por católicos e Cunha Porã, predominantemente, por alemães luteranos. Tunápolis é uma comunidade pequena, com 4.633 habitantes, isolada; e predomina a etnia alemã e católica; enquanto Cunha Porã é maior, com 10.613 habitantes, apresenta mais mobilidade, a etnia é heterogênea e 95% da população dividem-se em 50% católicos e 50% luteranos. Diante desses dados, considera-se Tunápolis ponto de pesquisa católico, e Cunha Porã, luterano. Os dois pontos são contextos plurilíngues nos quais se constata um constante contato linguístico entre as variedades alemãs e variedades portuguesas. Nesses contextos, pretende-se averiguar o grau de manutenção dos termos de parentesco sanguíneo e espiritual em variedade alemã na fala de indivíduos que possuem a variedade alemã como língua materna e pertençam às confessionalidades católica e luterana. A metodologia de pesquisa segue os princípios teóricos da dialetologia pluridimensional relacional de Thun (1996, 1998, 2005a, 2005b, 2009, 2010, 2012). Através desta perspectiva, a fim de observar qual a situação do alemão nos diferentes estratos sociais, foca-se a pesquisa nas dimensões diastrática, diageracional, diagenérica e diarreligiosa. A partir dessas dimensões, selecionam-se oito informantes em cada ponto de pesquisa; a eles aplica-se um questionário geral e um lexical, leitura de textos e conversa livre com a temática termos de parentesco sanguíneo e espiritual. Os dados dessas entrevistas são o corpus analisado. A escolha pelos termos de parentesco deve-se à importância e à presença da família na cultura alemã. Na revisão bibliográfica, constata-se uma intrínseca relação entre imigração alemã, igreja e língua alemã. Para os católicos, o alemão é um instrumento de comunicação, uma vez que a base dessa confessionalidade é o latim. Para os luteranos, de outra forma, além de ser um meio de comunicação, o alemão também é um símbolo religioso, pois com a primeira tradução feita da Bíblia para a língua alemã pelo alemão Martin Lutero e, através da pregação por este da alfabetização para todos, nasceu a confessionalidade luterana. Resultados de outras pesquisas da linha de manutenção de variedades alemãs, realizadas no Brasil, demonstram uma tendência de um grau maior de manutenção de variedades alemãs pelos luteranos, porém não há dados empíricos comprobatórios. A presente pesquisa parte dessa mesma hipótese e, pelos resultados apurados, aponta, com dados empíricos, que são os luteranos que aplicam mais os termos de parentesco em alemão. Indiretamente, constata-se também a grande interferência da igreja, como um grupo de domínio e de identidade, a favor da manutenção de uma língua minoritá- ria. Pela sua natureza, o trabalho se inclui na linha de pesquisa diversidade e mudança linguística, mais especificamente na área de manutenção de variedades alemãs em contextos plurilíngues
Abstract: This study aims to investigate the degree of maintenance of the German variety in plurilingual contexts – German variety and Portuguese variety- , in Tunápolis (SC) and Cunha Porã (SC) cities. The presence of the German language in these places depends on the german settlement, however, there is a differential between these places – Tunápolis was settled by catholics and Cunha Porã, predominantly, by Lutheran germans. Tunápolis is a small community with 4.633 inhabitants, secluded; and the german and catholic ethnic predominate. While Cunha Porã is bigger, with 10.613 inhabitants, and shows more mobility; its ethnic is heterogeneous and 95% of the population is divided into 50% catholics and 50% lutherans. In face of these results, Tunápolis is considered a place for a catholic research and Cunha Porã, a place for a lutheran one. Both places are plurilingual contexts where it is observed a permanent linguistic contact between the German varieties and the Portuguese varieties. In these contexts, it is intended to ascertain the degree of maintenance of the sanguine and spiritual kinship terms in German variety as a native language and belong to the catholic and lutheran confessions.The research methodology follows the theoretical principles of Thun Relational Multidimensional Dialectology (1996, 1998, 2005a, 2005b, 2009, 2010, 2012). From this perspective, in order to observe which the real condition of the German variety in different social backgrounds, the research aims in diastratic, diageracional, diagenerical and diarreligious dimensions. Based on these dimensions, eight informants are selected in every point of the research; a general and lexical questionnaire, text readings and free conversation with the theme based on sanguine and spiritual kinship terms are applied to them. These data from the interviews are the corpus analysed. The sanguine kinship choice is due to the importance and the presence of the family in the German culture. In the bibliographic review, it is observed an intrinsic relation among german immigration, church and German variety. For catholics, the German language is a communication tool, since the basis of this confession is the Latin. For the Lutherans, otherwise, besides being a means of communication, German is also a religious symbol for with the first translation of the Bible to the German language made by Martin Luther and, through the preaching and so literating everyone by him, the Lutheran Confession came about. The results of other researches of the german variety maintenance line, carried out in Brazil, show a tendency of a higher degree of the german variety maintenance by the lutherans, but there are no corroborative empirical data. This present research is under the same assumption and, based on the results determined, I indicated, with empirical data, that are the lutherans who more apply the sanguine terms in German. Indirectly, it is also observed a great interference from the church as a domain and indentity group, in favor of keeping a minority language. Because of its nature, the work includes in the line of research diversity and language change, more precisely in the area of german varieties maintenance in plurilingual contexts.
Keywords: Língua alemã
Língua portuguesa
Linguagem e línguas
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Fronteira Sul
Acronym of the institution: UFFS
College, Institute or Department: Campus Chapecó
Name of Program of Postgraduate studies: Programa de Pós-Graduação em Estudos Linguísticos
Type of Access: Acesso Aberto
URI: https://rd.uffs.edu.br/handle/prefix/755
Issue Date: 2016
metadata.dc.level: Mestrado
Appears in Collections:Linguística

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
WEHRMANN.pdf5,51 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.