Please use this identifier to cite or link to this item: https://rd.uffs.edu.br/handle/prefix/757
Type: Dissertação
Title: Concepções de leitura e ensino: um estudo diagnóstico com professores do projeto "Ler & Educar - OBEDUC"
Author: Geron, Karina Malvezzi
First advisor: Finger-Kratochvil, Claudia
Resume: As dificuldades que nossos estudantes têm para ler e compreender um texto, considerando os processos cognitivos, dos mais periféricos aos mais altos, bem como as dificuldades que os professores enfrentam para envolver seus alunos em atividades que têm por base a leitura, são questões que vêm sendo abordadas há mais de três décadas no Brasil, sem, em princípio, apresentar superação. Os dados dos indicadores nacionais e internacionais são reveladores de que os problemas parecem persistir. O Brasil obteve baixos resultados, por exemplo, na prova PISA de leitura, desde 2000, e, em 2012, o índice foi pior do que em 2009. Esses indicadores apontam lacunas no processo de formação do leitor, isto é, se os estudantes brasileiros apresentam dificuldades na compreensão leitora, logo precisamos acompanhar a formação, tanto inicial quanto continuada, dos professores, a fim de verificar se eles têm sido preparados para a tarefa de formar leitores proficientes. O presente estudo constituiu-se a partir de Grupos Focais realizados com professores do ensino fundamental e médio em seis escolas públicas de Chapecó. Os Grupos foram realizados no projeto de formação continuada dos professores das escolas da rede pública de Santa Catarina, Ler & Educar. O projeto fez parte do Observatório da Educação (OBEDUC) e esteve distribuído em três núcleos: Chapecó, Florianópolis e Criciúma. Esta pesquisa tem como objetivo diagnosticar, por meio das respostas e interações entre professores, utilizando as transcrições e vídeos dos Grupos Focais, qual é a concepção de leitura que permeia o trabalho dos professores e como eles compreendem a prática do ensino da leitura em sala de aula. As perguntas-chave para o desenvolvimento da análise são: O que você entende por leitura? Quais ferramentas/habilidades são necessárias para que a leitura aconteça? Você ensina o seu aluno a ler? Como você ensina? O referencial teórico deste trabalho está pautado nas concepções de leitura da Psicolinguística e como esta ciência compreende o ensino e o trabalho com a leitura nas escolas para a formação de bons leitores. Partimos da hipótese de que um dos agravantes relacionados à má formação de nossos leitores está centrado na relação entre a concepção de leitura que os professores possuem e, como essa concepção tem se refletido no ensino da leitura em sala de aula. Os dados, por ora analisados, apontam para professores com uma formação sem a observância da relevância e dos estudos das ciências do campo da linguagem e da cognição, como a Psicolinguística, para o processo de formação do leitor. Os professores, de um modo geral, revelam uma concepção de leitura pautada no senso comum, voltada para o viés do texto literário. Com relação ao ensino da leitura, os professores afirmam que a leitura deve ser ensinada apenas nas séries iniciais, e que nas séries posteriores cabe ao professor apenas motivar seus alunos. Os educadores acreditam que o ato de ler está inteiramente ligado à decodificação e nada mais além deste processo, por isso, afirmam que basta o aluno estar alfabetizado para, automaticamente, saber ler. Esses resultados parecem apontar para uma formação de professores que não tem levado em consideração as atuais teorias da Psicolinguística para o desenvolvimento da leitura em sala de aula. Deste modo, encontramos escolas que não se apropriam das descobertas da ciência da leitura para a formação de leitores em seus diversos níveis.
Abstract: The difficulties that our students have in reading and understanding a text, considering the cognitive processes, from the most peripheral to the highest, as well as the difficulties that teachers face to involve their students in based reading activities, are questions which have been discussed for more than three decades in Brazil, without presenting improvement. The data of national and international indices reveals that the problems still exist. Brazil achieved low results, as an example, in PISA test of reading, since 2000, and in 2012, the rate was worse than in 2009. These indices show gaps in the process of readers development, which means that, if Brazilian students show difficulties in reading comprehension, we need to assist this process, be ir initial or continued of teachers, in order to verify if they have been prepared to form proficient readers. This study was created from Focal Groups that were realized with médium and high shool teachers in public schools in the city of Chapecó. The Groups were realized in the Project Ler & Educar (Read and Educate) based on the continued preparation of public schools teachers in the state of Santa Catarina. The Project was part of the Education Observation Center (OBEDUC) and was divided into three groups: Chapecó, Florianópolis and Criciúma. This research has as objective to make the diagnosis what is the conception of reading that is base for the teachers task and how they understand the practice of teaching reading habilities in the classroom In order to accomplish this objective, the diagnosis is based on answers and interactions between teachers. The main questions for developing this analysis are: What do you understand by the word reading? What are the necessary tools/habilities for the reading to happen? Do you teach your student how to read? How do you teach? The theoretical framework of this study is based on the conceptions of reading according to Psycholinguistics and how this Science understands the process of teaching and working with reading in schools in order to form good readers. We assume the hypothesis that one of the problems related to the poor development in reading is based on the relationship between the conception teachers have of reading and how this conception has been reflecteed in the teaching process in the classroom. The data alalysed point to the teachers who have a formation without observating the relevance or studies of language or cognition, such as Psycholinguistics, for the process of the reader formation. The teachers in general, reveal a reading conception based on the common view, aiming the literary text. Based on the reading process, teachers asserted that the reading hability must be taught only in the primary grades, and in the subsequente grades, it is the teacher‟s role only motivate his or her students. Educators believe that the act of reading is associated with the decoding and nothing else, that is why they state that it is enough for the student to be literate to know the reading hability. These results seem to indicate a teacher formation that has not taken into consideration the Psycholinguistics theories from today in order to develop the reading hability in the classroom. Thereby, we have found schools which do not use the Science Discovery of Reading with the objective of forming their readers in any level.
Keywords: Leitura
Formação de professores
Ensino fundamental
Ensino médio
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Fronteira Sul
Acronym of the institution: UFFS
College, Institute or Department: Campus Chapecó
Name of Program of Postgraduate studies: Programa de Pós-Graduação em Estudos Linguísticos
Type of Access: Acesso Aberto
URI: https://rd.uffs.edu.br/handle/prefix/757
Issue Date: 2016
metadata.dc.level: Mestrado
Appears in Collections:Linguística

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GERON.pdf7,65 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.