Please use this identifier to cite or link to this item: https://rd.uffs.edu.br/handle/prefix/903
Type: Artigo Cientifico
Title: Diagnóstico sobre o desenvolvimento da agroecologia na região do Alto Uruguai Gaúcho (RS)
Author: Silva, Sabrina Alves da
First advisor: Dias, Douglas Antonio
Resume: A agricultura familiar tem sido responsável pela maior parte da produção de alimentos básicos para a população, contribuindo para o abastecimento urbano por meio da diversificação de suas atividades. Na região do Alto Uruguai Gaúcho, representa 90,8% das propriedades rurais e desenvolve como principais atividades agrícolas a criação de animais, a produção de grãos, as agroindústrias familiares, a fruticultura, a olericultura e o turismo rural, geralmente manejadas em conjunto na propriedade. O Centro de Apoio e Promoção da Agroecologia (CAPA) e o Centro de Tecnologias Alternativas e Populares (CETAP) são duas ONGs, as quais atuam como organizações de Assistência Técnica e Extensão Rural, na região em estudo, promovendo o desenvolvimento de comunidades rurais baseadas nos princípios agroecológicos. Neste contexto, o objetivo deste estudo consistiu em analisar as ações realizadas pelo CAPA e pelo CETAP na região, bem como realizar um levantamento sobre o número de agricultores atendidos, as principais culturas agrícolas e seus respectivos enfoques e manejos, os produtos que possuem a certificação agroecológica, os locais e vias de comercialização e realizar um levantamento sobre a frequência e qualidade da extensão rural e da assistência técnica das ONGs. O diagnóstico das ações foi realizado através de observações e de entrevistas semiestruturadas com um profissional e seis agricultores de cada organização. Os dados coletados foram analisados e sintetizados de forma descritiva. Atualmente são atendidas 610 famílias de agricultores pelas duas ONGs, destas 110 famílias já possuem a certificação participativa da Rede Ecovida de Agroecologia na região e fazem a comercialização de uma grande variedade de produtos produzidos dentro dos princípios agroecológicos e em conformidade com a lei da produção orgânica, os quais abastecem os mercados locais e integram outras redes de comercialização. O CAPA e o CETAP foram as entidades pioneiras em desenvolver experiências agroecológicas na região do Alto Uruguai Gaúcho e são as responsáveis pela inserção das famílias na comercialização dos produtos agroecológicos. Para a expansão da produção orgânica com base nos princípios da agroecologia, é imprescindível o desenvolvimento de mais políticas públicas para as agências prestadoras de ATER, bem como profissionais capacitados para desenvolver estas ações. Para maior aprofundamento neste tema na região, são necessárias mais pesquisas junto às ONGs.
Abstract: The family farming has been responsible for most basic food production to the population, contributing to the urban supply through the diversified activities. In the Alto Uruguay Gaucho region, it represents 90.8% of rural properties and develops main agricultural activities like, livestock, grain production, family agribusiness, horticulture, and rural tourism generally managed together in the farm. The Center for Support and Promotion of Agroecology (Centro de Apoio e Promoção da Agroecologia - CAPA) and the Technology Center for Popular Alternatives (Centro de Tecnologias Alternativas e Populares - CETAP) are two ONGs, which act as Technical and Rural Extension organizations, promoting rural development based in agroecology principles. In this context, the aim of this study was to analyze the actions taken by CAPA and the CETAP in the region, as well as carry out a survey on the number of farmers attended, the main crops and their approaches and managements, products that have agroecology certification, local and trade routes and conduct a survey on the frequency and quality of rural extension and technical assistance of ONGs.The diagnosis was carried out through observations and semi-structured interviews with a professional and six farmers of each organization. The collected data were analyzed and synthesized descriptively. Currently it is attended 610 families of farmers by two ONGs, these 110 families already have Ecovida participatory certification network in the region and sell a wide range of products produced within the agroecology principles and in accordance with the organic production law, which supply local markets and integrate other marketing networks. The CAPA and CETAP were pioneer entities in developing agroecology experiences in the Alto Uruguay Gaucho region and are responsible for the insertion of families in the agroecology products markets. To promote the expansion of organic production based on the agroecology principles, it is essential to develop more public politics for ATER agencies and trained professionals to develop these actions. For further deepening this topic in the region, more research is needed with ONGs. Keywords: Family agriculture. Production. Market.
Keywords: Agricultura familiar
Desenvolvimento agrícola
Agroecologia
Produtos agroecológicos
Language: por
Country: Brasil
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL
Acronym of the institution: UFFS
College, Institute or Department: Campus Erechim
Type of Access: Acesso Aberto
URI: https://rd.uffs.edu.br/handle/prefix/903
Issue Date: 4-Aug-2017
Appears in Collections:TCC Agronomia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
SILVA.PDF558,65 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.