Please use this identifier to cite or link to this item: https://rd.uffs.edu.br/handle/prefix/921
Type: Monografia
Title: Efeito da adubação com silicato de cálcio e magnésio sobre o desenvolvimento e a produtividade do milho
Author: Bonfada, Élcio Bilibio
First advisor: Kaiser, Douglas Rodrigo
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Ludwing, Juliane
metadata.dc.contributor.referee1: Palma, Marcos Antonio Zambillo
Resume: O silício (Si) é considerado um micronutriente benéfico às plantas superiores, o qual pode apresentar efeitos as culturas, quando confere a planta maior resistência ao ataque de doenças, pragas e insetos além de maior produtividade de grãos. Sendo assim, novos produtos comerciais surgem na tentativa de aumento de produção, aliado a outros benefícios à planta. É o caso dos fertilizantes que possuem o silício como elemento constituinte, como os silicatos de cálcio (Ca) e magnésio (Mg). Assim, a utilização de silicatos de Ca e Mg, na forma de mistura de pó de rocha, tem surgido como uma alternativa que visa aumentar os teores de Si, além de contribuir na disponibilidade de fósforo, no solo. Sendo assim, objetivou-se neste estudo, avaliar o efeito de doses e épocas de aplicação de fertilizante natural rico em silício, na semeadura e em cobertura, sobre o desenvolvimento e a produtividade do milho 2ª safra de 2014, além do seu efeito sobre a disponibilidade de fósforo no solo. O delineamento experimental adotado foi o de blocos casualizados (DBC), com quatro repetições. Os tratamentos foram duas doses (200 e 400 kg ha -1 ) de um produto comercial a base de silicato de cálcio e magnésio, que é derivado da mistura de pó de rochas, aplicados no sulco de semeadura, em superfície na semeadura e em cobertura no estádio V4 de milho além de uma testemunha, sem aplicação do fertilizante. As variáveis analisadas foram os teores de N, P, K, Ca, Mg no tecido foliar e análise de solo completa antes e depois do cultivo, emergência das plantas, parâmetros vegetativos indicadores do desenvolvimento como: altura de plantas, diâmetro de colmo, área foliar, índice de área foliar na fase de florescimento, altura de inserção da primeira espiga, número de grãos por espiga, massa de 100 grãos e a produtividade de grãos. Os resultados demonstram que não houve diferença significativa em relação ao efeito dos tratamentos utilizados, tanto nos parâmetros vegetativos quanto na produtividade de grãos da cultura do milho. O teor médio de macronutrientes (N, P, K, Ca e Mg) na folha de milho também foram similares entre si. No solo, os atributos químicos analisados apresentaram valores similares entre si. Conclui-se que a utilização deste silicato de cálcio e magnésio não foi eficiente na cultura do milho safrinha.
Abstract: Silicon (Si) is considered beneficial micronutrient to higher plants, which may have effects on crops, when it provides the plant greater resistance to attack by diseases, pests and insects as well as higher grain yield. Thus, new commercial products arise in trying to increase production, plus other benefits to the plant. This is the case of fertilizers having the silicon as a constituent element, such as silicates of calcium (Ca) and magnesium (Mg). Thus, the use of silicates of Ca and Mg in the form of a mixture of powdered rock, has emerged as an alternative for increasing the content of Si, and contribute to the availability of phosphorus in the soil. However, as their action in maize (Zea mays) when applied to the soil there is a certain lack of information. Therefore, the aim of this study was to evaluate and discuss the effect of silicon rich natural fertilizer application doses and times, at sowing and topdressing on the development and productivity of maize, besides its effect on the availability of phosphorus in the soil, in the off-season and 2014. The experimental design was a randomized block design (RBD) with four replications. Treatments are two doses (200 and 400 kg / ha) of calcium silicate and magnesium, which is a natural fertilizer derived from the powder mixture of rocks, besides the application at seed furrows, at sowing surface coverage in the V4 stage (4 expanded leaves) and a control without fertilizer application. The analyzed variables are the Ca, Mg, P, K, Si in the soil before and after cultivation, plant emergence, vegetative parameters as indicators of development, plant height, stem diameter, leaf area index during flowering, first spike insertion height, number of grains per spike, 100-grain mass and grain yield. The results demonstrate that there was no significant difference relative from the effect of treatments used, at both vegetative parameters and productivity of corn grains. The average content of macronutrients (N, P, K, Ca and Mg) at corn leaf also presents no significant difference. On the ground, the analyzed chemical attributes showed similar results to each other. It can be concluded that the use of calcium silicate and magnesium was not efficient for the cultivation of the second harvest of corn.
Keywords: Adubação
Produtos comerciais
Micronutriente
Análise do solo
Fertilizantes
Produção de milho
Produtividade de grãos
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Fronteira Sul
Acronym of the institution: UFFS
College, Institute or Department: Campus Cerro Largo
Type of Access: Acesso Aberto
URI: https://rd.uffs.edu.br/handle/prefix/921
Issue Date: 3-Dec-2014
Appears in Collections:TCC Agronomia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
BONFADA.pdf694,88 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.