Please use this identifier to cite or link to this item: https://rd.uffs.edu.br/handle/prefix/939
Type: Monografia
Title: Produtividade do milho em função da densidade de plantas e posicionamento das sementes no sulco de semeadura
Author: Goldschmidt, Régis Afonso
First advisor: Palma, Marcos Antonio Zambillo
metadata.dc.contributor.referee1: Sanes, Fernanda San Martins
metadata.dc.contributor.referee2: Paixão, Sandro José
Resume: A produtividade da cultura do milho pode ser comprometida por vários fatores, sejam eles, fitopatológicos, edafoclimaticos, entre outros. No entanto, um manejo correto e preciso da cultura, desde a sua implantação, usando espaçamentos e densidades adequadas, até o momento da maturação e colheita, são imprescindíveis para atingir elevados tetos produtivos. Considerando um nível de investimento alto, é possível elevar a densidade de semeadura. Este, junto com o posicionamento das sementes no sulco de semeadura, que além de apresentar espaçamentos equidistantes de todas as plantas, favorece seu desenvolvimento e reduz a competição intra-específica. Além disso, no período pós emergência, também as folhas devem apresentar este comportamento, todas situadas no espaço entre linhas, dispondo assim de uma maior capacidade de absorção da radiação solar, aumentando sua taxa fotossintética e como conseqüência, elevando a produtividade. Sendo assim, o objetivo do presente experimento, foi aumentar a produtividade em função destes dois fatores. E para tanto, nas parcelas contendo sementes posicionadas, a semeadura foi toda manual, para que essa avaliação fosse possível. Já nas demais, o plantio foi realizado de maneira tradicional, ou seja, conjunto trator-semeadora. Já os tratos culturais e adubações de cobertura, como também no processo de colheita, o método usado foi todo manual. Os resultados obtidos foram satisfatórios em relação à produtividade, constatandose viabilidade na produção das parcelas com populações de 90.000 plantas/haˉ¹, conciliadas com o método onde as sementes foram posicionadas no sulco de semeadura.
Abstract: The yield of maize crop can be compromised by several Factors, be they, phytopathological, edafoclimatic, among others. However, Correct and precise management of the culture, since its implantation, using Adequate densities and spacing, until the time of maturation and Harvesting, are essential to achieve high production ceilings. Considering a high level of investment, it is possible to increase the seeding. This, together with the positioning of the seeds in the Sowing, which in addition to having spacings equidistant from all Favors their development and reduces intra-specific competition. In addition, in the post-emergence period, leaves must This behavior, all located in the space between lines, thus having Greater absorption capacity of solar radiation, increasing its solar Photosynthetic and as a consequence, raising productivity. Therefore, the The objective of the present experiment was to increase productivity in These two factors. And for that, in the parcels containing seeds The sowing was all manual, so that this evaluation was possible. In the others, the planting was done in a traditional way, that is, Tractor-seeder set. Already the cultural treatments and cover fertilizations, As well as in the harvesting process, the method used was all manual. The Results were satisfactory in relation to productivity, and feasibility was verified in the production of plots with populations of 90,000 Plants / haˉ¹, reconciled with the method where the seeds were positioned In the sowing groove.
Keywords: Produção do milho
Densidade de semeadura
Cultura do milho
Posiconamento de sementes
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Fronteira Sul
Acronym of the institution: UFFS
College, Institute or Department: Campus Cerro Largo
Type of Access: Acesso Aberto
URI: https://rd.uffs.edu.br/handle/prefix/939
Issue Date: 23-Nov-2016
Appears in Collections:TCC Agronomia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GOLDSCHMIDT.pdf1,09 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.