Please use this identifier to cite or link to this item: https://rd.uffs.edu.br/handle/prefix/2425
Type: Dissertação
Title: Representações sociais de literatura e o fazer pedagógico nos anos finais do ensino fundamental: um estudo com professores de uma gerência regional de educação do oeste de Santa Catarina
Author: Dill, Daiane
First advisor: Cordeiro, Maria Helena Baptista Vilares
Resume: Na presente pesquisa, procurou-se refletir à luz da Teoria das Representações Sociais (TRS), sobre as Representações Sociais (RS) dos Professores dos Anos Finais do Ensino Fundamental sobre a literatura e o lugar que a ela atribuem no seu fazer pedagógico. Partimos do pressuposto que a literatura traz, em sua essência, desde o início de sua história, um caráter formativo. Entretanto, ao focar quase que exclusivamente na transmissão do conhecimento científico, a escola tem relegado, a segundo plano, o ensino da literatura e das outras expressões artísticas, o que pode estar relacionado com uma possível representação de ciência associada a algo “sério”, provavelmente incompatível com a representação das artes que, muitas vezes, é vista como passatempo, lazer, ludicidade improdutiva, desprezando seu caráter formativo. Neste estudo, procurou-se compreender como as RS sobre literatura orientam o modo como os professores de 6° ao 9° ano de uma Gerência Regional de Educação do Oeste de Santa Catarina inserem/integram, ou não, a literatura em seu fazer pedagógico. Para a construção da base teórica, utilizaram-se os trabalhos de Abric (2001), Jodelet (1989, 2001), Moliner e Guimelli (2015), Moscovici (2001, 2007), Vala (2006), entre outros. Para maior aproximação ao objeto de pesquisa, partiu-se do levantamento do que foi produzido sobre o tema nas teses e dissertações disponíveis nos sites do IBICT - Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia, e do Banco de Teses e Dissertações da CAPES, entre 2006 e 2017. Com o intuito de buscar informações que permitam a compreensão das ancoragens das RS, iniciou-se este trabalho com uma digressão sobre a história das práticas sociais relacionadas ao uso da literatura, tanto em âmbito nacional quanto mundial, destacando sua inserção no ambiente escolar. A pesquisa conta ainda com a geração de dados junto aos professores(as) que atuam diretamente nos Anos Finais do Ensino Fundamental, utilizando-se de instrumentos como a Técnica de Associação Livre de Palavras; um questionário sobre o uso da literatura; e um questionário sociodemográfico. Com esses instrumentos buscou-se conhecer as representações sociais dos professores sobre o tema, obter informações sobre suas filiações sociais, bem como identificar se eles fazem uso da literatura em suas práticas pedagógicas. A análise dos dados foi realizada numa perspectiva plurimetodológica, quanti-quali, com o auxílio de programas informatizados, (como o IRAMuTeQ e o SPSS) quando necessário. Como resultado, esta pesquisa permitiu perceber que as RS desses professores sobre a literatura é caracterizada pela relação entre Conhecimento e Leitura, a qual está ancorada nas experiências (na maioria positivas) com as obras literárias vividas na escola. A concepção de conhecimento implícita na representação de literatura ultrapassa conteúdos específicos, abrangendo a ideia de formação voltada à humanização do ser humano. Nesse sentido, a possibilidade dos professores inserirem a literatura em seus fazeres pedagógicos poderia ser ampliada por meio do estabelecimento de diálogos interdisciplinares, visando a criação de atividades prazerosas envolvendo a literatura.
Abstract: In the present research, it was sought to reflect in the light of the Social Representations Theory (TRS), about the Social Representations (SR) of the Teachers of the Final Years of Elementary Education about literature and the place that they attribute to it in their pedagogical tasks. We start from the assumption that literature brings, in its essence, from the beginning of its history, a formative character. However, by focusing almost exclusively on the transmission of scientific knowledge, the school has been undermining the teaching of literature and other artistic expressions, which may be related to a possible representation of science associated with something "serious" probably incompatible with the representation of the arts that is often seen as hobby, leisure, unproductive playfulness, disregarding its formative character. In this study, we tried to understand how the RS on literature guide how the teachers of 6th to 9th grade of a Regional Education Management of the West of Santa Catarina insert / integrate or not, the literature in their pedagogical tasks. The studies of Abric (2001), Jodelet (1989, 2001), Moliner and Guimelli (2015), Moscovici (2001, 2007), Vala (2006) and others were used to construct the theoretical basis. In order to get closer to the research object, we started with a survey of what was produced on the subject in the theses and dissertations available on the IBICT - Brazilian Institute of Science and Technology Information, and at the CAPES Thesis and Dissertations database, among 2006 and 2017. In order to obtain information that allows the understanding of the anchorages of RS, this study began with a digression on the history of social practices related to the use of literature, both nationally and worldwide, highlighting its insertion in the school. The research also counts on the generation of data with the teachers who act directly in the Final Years of Elementary Education, using instruments such as the Free Word Association Technique; a questionnaire on the use of literature; and a sociodemographic questionnaire, in which we sought to know their social representations on the subject, to obtain information about their social affiliations, as well as to identify if they make use of literature in their pedagogical practices. The data analysis was carried out in a pluri-methodological, quanti-quali perspective, with the aid of computerized programs (such as IRAMuTeQ and SPSS) when necessary. As a result, this research made it possible to perceive that the SR of these teachers about literature is characterized by the relation between Knowledge and Reading, which is anchored in the experiences (mostly positive) with the literary works lived in the school. The conception of knowledge implicit in the representation of literature goes beyond specific contents, encompassing the idea of training aimed at the humanization of the human being. In this sense, the possibility of teachers inserting literature in their pedagogical tasks could be expanded through the establishment of interdisciplinary dialogues, aiming to create pleasant activities involving literature.
Keywords: Formação de professores
Literatura
Ensino
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Fronteira Sul
Acronym of the institution: UFFS
College, Institute or Department: Campus Chapecó
Name of Program of Postgraduate studies: Programa de Pós-Graduação em Educação
Type of Access: Acesso Aberto
URI: https://rd.uffs.edu.br/handle/prefix/2425
Issue Date: 2018
metadata.dc.level: Mestrado
Appears in Collections:Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DILL.pdf4,12 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.