Please use this identifier to cite or link to this item: https://rd.uffs.edu.br/handle/prefix/2924
Type: Monografia
Title: Períodos críticos de interferência entre o feijão comum e as plantas espontâneas em sistema de plantio direto
Author: Schmitt, Daiane
First advisor: Bittencourt, Henrique von Hertwig
Resume: O feijão (Phaseolus vulgaris) é uma das principais culturas para a agricultura familiar em Laranjeiras do Sul - PR, apresentando importância econômica, cultural e social. O presente trabalho teve como objetivo caracterizar os períodos de interferência das plantas espontâneas na cultura do feijão em Laranjeiras do Sul. O trabalho foi desenvolvido a campo no Sítio Alvorada, na comunidade do km 8, no município de Laranjeiras do Sul - PR, sendo constituído por um experimento conduzido em delineamento experimental de blocos ao acaso, com 4 repetições, totalizando 64 parcelas, onde os níveis do fator A foram dois modelos de interferência das plantas espontâneas: um de convivência e outro de controle. As plantas espontâneas foram controladas ou conviveram com a cultura por diferentes intervalos de tempo: 0, 14, 28, 42, 56, 63 e 70 dias após a emergência do feijão. Os dados foram analisados quanto à normalidade e a análise de variância utilizando o software computacional Genes. As variáveis avaliadas foram a produtividade de grãos, a matéria seca, ramificação e número de grãos por vagem do feijão, as espécies presentes e grau de infestação das plantas espontâneas. O resultado da análise de variância foi de ausência de significância para todos os fatores e variáveis. Supõe-se que as adversidades climáticas ocorridas durante o período de desenvolvimento do projeto tenham contribuído para inviabilizar a rejeição da hipótese inicial. Isso pode ser ilustrado pelo alto índice de pluviosidade entre os meses de outubro a fevereiro, que provavelmente influenciaram na disponibilidade de nutrientes presentes no solo, minimizando ou diminuindo os efeitos da interferência das plantas espontâneas com a cultura. Além disso, a diminuição na intensidade da radiação solar ocasionada pelo mau tempo associada à elevada umidade acarretou doenças no feijão, tendo como principal a antracnose, que interferiu na produtividade da cultura, podendo também ter mascarado o efeito dos tratamentos. Por isso, acredita-se que a influência de efeitos ambientais não controlados, como a precipitação, influencie diretamente a determinação dos períodos críticos de interferência das plantas espontâneas na cultura do feijão, devendo constituir um elemento de estudo em trabalhos futuros. Conclui-se que os períodos de interferência de plantas espontâneas com a cultura do feijão são específicos e altamente dependentes de determinadas condições ambientais.
Abstract: Common bean (Phaseolus vulgaris) is one of the main crops in Laranjeiras do Sul-PR agriculture, presenting economic, cultural and social importance. The present work had the objective to characterize the periods of interference of the weeds in common bean fields in Laranjeiras do Sul. The work was developed in the field at Sítio Alvorada, in the community of km 8, in the municipality of Laranjeiras do Sul - PR, being constituted by an experiment conducted in experimental design of blocks at random, with four replications, totaling 64 plots, when weeds coexisted or were controlled in different time intervals in: 0, 14, 28, 42, 56, 63 and 70 days after common bean emergence. Data were analyzed for normality and analysis of variance using Genes computational software. The variables evaluated were grain yield, dry matter, branching and number of grains per bean pod, weeds species present and degree of infestation. The result of the analysis of variance was of absence of significance for all factors and variables. It is assumed that the climatic adversities that occurred during the project's development period have contributed to make it impossible to reject the nule hypothesis. This can be illustrated by the high rainfall index between the months of October and February, which probably influenced the availability of nutrients present in the soil, minimizing or reducing the effects of weedes interference with the crop. In addition, the decrease in the intensity of the solar radiation caused by the bad weather associated with high humidity caused diseases in the bean, having as main the anthracnose, that interfered in the yield of the culture, and could also have masked the effect of the treatments. Therefore, it is believed that the influence of uncontrolled environmental effects, such as precipitation, directly influences the determination of the critical periods of interference of the spontaneous plants in the bean culture, and should be an element of study in future works. It is concluded that the periods of interference of weeds with the common bean are specific and highly dependent on certain environmental conditions.
Keywords: Fitotecnia
Fitossanidade
Agricultura familiar
Leguminosas de grãos
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Fronteira Sul
Acronym of the institution: UFFS
College, Institute or Department: Campus Laranjeiras do Sul
Type of Access: Acesso Aberto
URI: https://rd.uffs.edu.br/handle/prefix/2924
Issue Date: 2018
Appears in Collections:TCC Agronomia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
SCHMITT.pdf1,7 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.