Please use this identifier to cite or link to this item: https://rd.uffs.edu.br/handle/prefix/2935
Type: Dissertação
Title: Construindo o futuro: o processo de planejamento adotado pela Fundação Municipal de Saúde de Santa Rosa/RS
Author: Castro, Simone da Silva
First advisor: Anes, Carlos Eduardo Ruschel
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Dalcin, Dionéia
metadata.dc.contributor.referee1: Söthe, Ari
Resume: O planejamento é essencial para o desenvolvimento de uma sociedade, bem como para a implantação de uma política pública. Sendo este influenciado pelas racionalidades presentes na sociedade e também nos organismos públicos. Neste contexto, esta pesquisa está focada nos tipos de planejamento e nas racionalidades que se manifestam na Fundação Municipal de Saúde de Santa Rosa/RS (FUMSSAR), e que influenciam na constituição da atual estrutura do sistema de saúde do município. Dessa forma, o objetivo geral desta pesquisa foi estudar a influência das racionalidades no processo de planejamento da Fundação Municipal de Saúde de Santa Rosa/RS. A abordagem utilizada foi a fenomenológica, com enfoque qualitativo, um estudo de caso. Foram entrevistados 13 servidores da FUMSSAR, pertencentes ao nível estratégico, tático e operacional. Também utilizou-se da pesquisa documental e observação. Como resultado foi identificado que os principais instrumentos legais de planejamento da saúde no âmbito municipal são: o Plano Municipal de Saúde, a Programação Anual de Saúde, os Relatórios de Gestão e os Relatórios Quadrimestrais. Verificou-se que o planejamento da FUMSSAR apresenta características que se relacionam, em parte, com todos os modelos apresentados e sustentados no referencial teórico: Planejamento Normativo, Planejamento Estratégico Empresarial, Planejamento Estratégico Situacional, Planejamento Estratégico Participativo. No entanto comparado aos demais tipos de planejamento existe um determinado predomínio do Planejamento Estratégico Situacional. Devido às características identificadas: existência de vários atores, análise situacional e a questão política, serem aspectos relevantes no processo de planejamento na área da saúde. Quanto as racionalidades foi identificado que a FUMSSAR possui no seu planejamento características da Racionalidade Instrumental e da Substantiva. É possível concluir que, o planejamento é influenciado tanto pela Racionalidade Instrumental, que está presente, principalmente, devido às legislações existentes que normatizam o trabalho, e, até mesmo, pode-se dizer que por uma escolha, quando são empregadas ferramentas normalmente utilizadas no ambiente empresarial. Quanto pela Racionalidade Substantiva, a qual é predominante na FUMSSAR, principalmente no nível operacional e interfere no planejamento, especialmente, através dos valores dos usuários, gestores e servidores. Como existem espaços para a participação e a interação destes, todos eles em algum momento, de alguma forma, interferem no planejamento.
Abstract: Planning is essential for the development of a society, as well as for the implementation of a public policy. This being influenced by the rationalities present in the society and also in the public organisms. In this context, this research is focused on the types of planning and rationalities that are manifested in the Municipal Health Foundation of Santa Rosa / RS (FUMSSAR), and that influence the constitution of the current structure of the health system of the municipality. Thus, the general objective of this research was to study the influence of rationalities in the planning process of the Municipal Health Foundation of Santa Rosa / RS. The approach used was phenomenological, with a qualitative approach, a case study. We interviewed 13 FUMSSAR servers, belonging to the strategic, tactical and operational level. We also used documentary research and observation. As a result, it was identified that the main legal instruments for health planning at the municipal level are: the Municipal Health Plan, the Annual Health Program, the Management Reports and the Quarterly Reports. It was verified that FUMSSAR planning presents characteristics that are related, in part, to all models presented and supported in the theoretical reference: Normative Planning, Strategic Business Planning, Strategic Situational Planning, Participatory Strategic Planning. However compared to the other types of planning there is a certain predominance of Strategic Situational Planning. Due to the characteristics identified: the existence of several actors, situational analysis and the political issue, are relevant aspects in the planning process in the health area. As for the rationalities it was identified that FUMSSAR has in its planning characteristics of Instrumental and Substantive Rationality. It is possible to conclude that planning is influenced both by Instrumental Rationality, which is present, mainly, due to the existing legislations that normalize the work, and, even, it can be said that by a choice, when business environment. As for Substantive Rationality, which is predominant in FUMSSAR, mainly at the operational level and interferes with planning, especially through the values of users, managers and servers. As there are spaces for their participation and interaction, all of them at some point in some way interfere with planning.
Keywords: Saúde
Políticas públicas
Planejamento de instituições de saúde
Orgão público
Santa Rosa
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Fronteira Sul
Acronym of the institution: UFFS
College, Institute or Department: Campus Cerro Largo
Name of Program of Postgraduate studies: Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Políticas Públicas
Type of Access: Acesso Aberto
URI: https://rd.uffs.edu.br/handle/prefix/2935
Issue Date: 26-Feb-2019
metadata.dc.level: Pós-graduação Stricto sensu (Mestrado)
Appears in Collections:Desenvolvimento e Políticas Públicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CASTRO.pdf1,6 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.