Please use this identifier to cite or link to this item: https://rd.uffs.edu.br/handle/prefix/2975
Type: Monografia
Title: Desenvolvimento municipal e o mercado de trabalho: uma análise espacial bivariada para os municípios paranaenses em 2010
Author: Kruger, Rayssa Vieira
First advisor: Bourscheidt, Deise Maria
Resume: Mensurar o nível de desenvolvimento de uma determinada região é uma missão difícil, pois não basta apenas conhecer o Produto interno bruto, mas também variáveis relacionadas com a educação, saúde, segurança e emprego. Diante disso, o presente estudo focalizou no desenvolvimento do mercado de trabalho e teve como objetivo analisar os padrões espaciais entre o Índice FIRJAN de desenvolvimento municipal – Emprego & Renda e o mercado de trabalho no ano de 2010 nos municípios paranaenses. O estudo consistiu em três etapas: na primeira, foi analisada a Estatística Descritiva. Na segunda etapa, os dados foram analisados através do coeficiente de correlação, considerando um nível de significância de 5% e testando a hipótese de que a correlação linear entre a variável IFDM – Emprego & Renda contra as demais variáveis referentes ao mercado de trabalho, é zero. Por fim, na terceira etapa, as variáveis que foram significativas na segunda etapa foram analisadas por meio da Estatística I de Moran Bivariada e foi verificado a existência de clusters bivariados no estado do Paraná. Como resultados, a pesquisa mostrou que parte das mesorregiões Centro Ocidental, Centro Sul e Norte Central apresentaram padrão espacial Baixo-Baixo, indicando que nessa região o mercado de trabalho é desfavorecido e carece de uma maior geração de emprego e renda para poder se desenvolver economicamente. Já nas mesorregiões Norte central e Metropolitana de Curitiba, os clusters se classificaram como padrão Alto-Alto, apontando que nessas aglomerações de municípios, o mercado de trabalho é desenvolvido e possui uma maior geração de emprego nos setores da Indústria, comércio e Serviços. Além desses padrões, quando se analisou a autocorrelação espacial do IFDM- Emprego & Renda com a taxa de desemprego urbano e Taxa de Pobreza, formaram-se clusters em parte das mesorregiões Centro Ocidental, Centro Sul e Norte Central com padrão Alto-Baixo, indicando que nessa região, há altas taxas de pobreza e de desemprego urbano, como também baixo IFDM – Emprego & Renda. Já nas mesorregiões Norte central e Metropolitana de Curitiba, formaramse clusters padrão Baixo-Alto, sinalizando que nessa região há baixas taxas de pobreza e de desemprego urbano, como também alto IFDM – Emprego & Renda. Com as análises dos clusters, percebeu-se que o estado do Paraná possui regiões específicas que necessitam de uma maior atenção dos gestores a nível municipal, estadual e federal, pois a pesquisa possibilitou uma melhor visualização dos municípios que carecem de ações que promovam o desenvolvimento do mercado de trabalho.
Abstract: Measuring the development level of a particular region is a difficult task, as it is not enough to know only the gross domestic product, but also variables related to education, health, safety and employment. Thus, the present study focused on the development of the job market and had as objective to analyze spatial patterns between the FIRJAN Index of municipal development – Employment/Income and the job market in the year 2010 in the municipalities of Paraná. The study consisted of three stages: in the first one, Descriptive Statistics was analyzed. In the second stage, the data were analyzed through the correlation coefficient, considering a level of significance of 5% and testing the hypothesis that the linear correlation between the variable IFDM – Employment/Income versus the other job market variables is zero. Finally, in the third step, the variables that were significant in the second stage were analyzed through MoranBivariate Statistics I and was verified the existence of bivariate clusters in the state of Paraná. As a result, the research showed that part of the mesoregions of Western, Central South and Central North regions presented Low-Low spatial pattern, indicating that the job market in this region is disadvantaged and needs a greater generation of employment and income to be able to develop economically. In the mesoregions of Central and Metropolitan North of Curitiba, the clusters were classified as High-High, indicating that in these agglomerations of municipalities, the job market is developed and has a greater generation of employment in Industry, Commerce and Services sectors. In addition to these patterns, when analyzing the spatial autocorrelation of the IFDM – Employment/Income with the urban unemployment rate and Poverty Rate, clusters were formed in part of the Midwest, Central South and Central North Meso-regions with a High-Low pattern, indicating that in this region, there are high poverty rates and urban unemployment, as well as high IFDM – Employment/Income. With the analysis of the clusters, it was noticed that the state of Paraná has specific regions that need a greater attention of the managers in municipal, state and federal level, since the research made possible a better visualization of the municipalities that need action that promote the development of the job market.
Keywords: Economia do trabalho
Mercado de trabalho
Trabalhadores
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Fronteira Sul
Acronym of the institution: UFFS
College, Institute or Department: Campus Laranjeiras do Sul
Type of Access: Acesso Aberto
URI: https://rd.uffs.edu.br/handle/prefix/2975
Issue Date: 2017
Appears in Collections:TCC Ciências Econômicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
KRUGER.pdf2.48 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.