Please use this identifier to cite or link to this item: https://rd.uffs.edu.br/handle/prefix/336
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorAiala, Débora Karina-
dc.date2015-12-09-
dc.date.accessioned2017-06-13T13:01:11Z-
dc.date.available2017-06-13T13:01:11Z-
dc.date.issued2015-12-09-
dc.identifier.urihttps://rd.uffs.edu.br/handle/prefix/336-
dc.description.resumoA fim de discutir a sexualidade da pessoa com deficiência mental e as repercussões familiares e escolares que ocorrem nesse contexto, realizou-se uma pesquisa com o objetivo de levantar o estado da arte a partir de trabalhos científicos publicados na plataforma Scielo, Periódicos Capes e Bireme, que compreenderam os anos de 2004 - 2014. Nesse artigo, fizemos a análise dos trabalhos científicos que tratam da questão da sexualidade do deficiente mental e como os pais e educadores enfrentam essa situação. Os trabalhos analisados mostram que são inúmeros os desafios que a pessoa com deficiência mental encontra, desde a sua inserção social de maneira geral até a inclusão mais especifica dentro de determinados grupos. Também percebemos que a deficiência mental está atrelada a uma série de mitos e tabus, incluindo nisso a sexualidade. Essa, por sua vez se faz presente no ser humano desde o seu nascimento e segue participando de todo o processo de constituição do sujeito. A família e a escola também se fazem presentes nesse cenário por serem importantes no processo de desenvolvimento na trajetória de vida das pessoas. A revisão da literatura aponta que o desenvolvimento da sexualidade se dá por igual nas pessoas com e sem deficiência, mas que, no entanto, são atribuídas representações diversas a esses dois grupos. Concluímos que os debates entre pais e educadores devem ser ampliados para que pessoas com deficiência mental consigam viver e conviver com sua sexualidade menos estigmatizada.pt_BR
dc.description.provenanceSubmitted by Isac Soares Emidio (isac.emidio@uffs.edu.br) on 2017-06-12T19:17:17Z No. of bitstreams: 1 AIALA.pdf: 290861 bytes, checksum: 5fb6234ea4edd0a8d66dd5c3d830559b (MD5)en
dc.description.provenanceApproved for entry into archive by Diego dos Santos Borba (dborba@uffs.edu.br) on 2017-06-13T13:01:11Z (GMT) No. of bitstreams: 1 AIALA.pdf: 290861 bytes, checksum: 5fb6234ea4edd0a8d66dd5c3d830559b (MD5)en
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2017-06-13T13:01:11Z (GMT). No. of bitstreams: 1 AIALA.pdf: 290861 bytes, checksum: 5fb6234ea4edd0a8d66dd5c3d830559b (MD5) Previous issue date: 2015-12-09en
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal da Fronteira Sulpt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentCampus Realeza-
dc.publisher.initialsUFFSpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectEducaçãopt_BR
dc.subjectSexualidadept_BR
dc.subjectDeficiência mentalpt_BR
dc.titleO estado da arte sobre a sexualidade da pessoa com deficiência mental e as repercussões na família e na escola (2004 - 2014)pt_BR
dc.typeArtigo Cientificopt_BR
Appears in Collections:Letras

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AIALA.pdf284.04 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.