Please use this identifier to cite or link to this item: https://rd.uffs.edu.br/handle/prefix/721
Type: Dissertação
Title: A alimentação no âmbito da assistência estudantil para o ensino superior: uma análise das universidades federais brasileiras
Author: Mussio, Bruna Roniza
First advisor: Almeida Junior, Vicente de Paula
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Teo, Carla Rosane Paz Arruda
Resume: A alimentação tem papel fundamental no desenvolvimento do indivíduo, estando seu acesso adequado vinculado a múltiplos fatores, dentre eles as condições financeiras. Tendo em vista que a educação superior pública brasileira tem passado por um processo de democratização, no qual estudantes de classes vulneráveis socioeconomicamente estão acessando cada vez mais este nível de ensino, implementar políticas públicas de alimentação nas Instituições Federais de Ensino Superior (IFES) é uma forma de assistir uma população que pode estar à mercê de algumas limitações nesta área. Isto possibilita auxiliar na melhoria do desempenho acadêmico, permanência, garantia dos direitos à alimentação e à educação, e na inclusão social desta população. Considerando que o Programa Nacional de Assistência Estudantil (PNAES), que é o único que aborda a alimentação para a educação superior, é relativamente recente, bem como que não se encontraram estudos sobre a alimentação para este nível de ensino, realizou-se esta pesquisa de mestrado cujo objetivo geral é analisar as ações relacionadas à alimentação desenvolvidas nas Universidades Federais do País. A pesquisa foi realizada utilizando-se de levantamento teórico sobre o tema e coleta de dados junto às Universidades Federais, por meio de questionário. O instrumento foi encaminhado as 63 Universidades em funcionamento em 2013, sendo que 42 responderam. Os dados coletados foram tratados e avaliados utilizando-se da análise de conteúdo. A análise estatística dos dados foi feita com o apoio do programa Statistical Package for Social Sciences (SPSS). Os resultados da pesquisa demonstram que moradia e alimentação são as áreas do PNAES mais desenvolvidas nas IFES. Quanto às ações de alimentação, o Restaurante Universitário (RU) é a atividade com maior prevalência, seguida do auxílio alimentação e da distribuição de alimentos/cestas básicas, os quais na maioria das vezes são uma forma de subsídio ou suporte ao RU. Em relação aos recursos do PNAES, nota-se que uma parcela significativa é destinada às ações de alimentação, o que permite inferir a importância dada à temática nas IFES. Além disso, salienta-se que estas ações costumam utilizar mais de um tipo de recurso. Percebe-se que contrariamente as ações menos prevalentes que tendem a seguir o que o decreto orienta quanto ao público a ser atendido com recurso do PNAES, alguns RUs destinam este recurso ao atendimento do público em geral, fato que deve ser reavaliado pelas IFES. Destaca-se que, apesar do potencial pedagógico que há no desenvolvimento das ações de alimentação, seu caráter assistencialista ainda prevalece na percepção das instituições. Conclui-se que as ações de alimentação são uma realidade nas Universidades Federais brasileiras, desde o início vinculadas à assistência estudantil, e que, bem como as demais ações desta área, são meios de viabilizar a permanência deste novo perfil de estudante no ensino superior público. Sem estas ações, as políticas de redemocratização da educação superior não são suficientes. Percebeu-se que a execução das ações pelas Universidades permite cumprir com o objetivo do PNAES em relação à minimiza- ção das desigualdades socioeconômicas. Porém, no que diz respeito ao público atendido, especialmente no RU, e à articulação das ações desenvolvidas com atividades de ensino, pesquisa e extensão, algumas instituições precisam rever suas ações. Acredita-se que os espaços de desenvolvimento das ações de alimentação poderiam ser melhor utilizados, a fim de que se tornem oportunidades pedagógicas.
Abstract: The nutrition plays a key role in the development of the person, the appropriate access is linked to multiple factors, including the financial conditions. Considering that the Brazilian public higher education has been undergoing a process of democratization, in which students from vulnerable socio-economic classes are increasingly accessing this level, implementing public policies for food in the Federal Institutions of Higher Education (IFES) is a way to assist a population that can have some limitations in this area. This enables help to improve academic performance, permanence, rights to food and education guaranty, and in the social inclusion of this population. Considering the National Student Assistance Program (PNAES), which is the only one that approaches the food for higher education, it is relatively recent and as well as studies about food for this level of education are not found, this Master research whose general objective is to analyze the actions related to food developed in the Federal Universities of the country was made. The survey was conducted using theoretical survey about the subject and collecting data from the Federal Universities, through a questionnaire. The instrument was sent to 63 universities in operation in 2013, however 42 answered. The collected data weas treated and evaluated using content analysis. The statistical analysis was made with the support of the Statistical Package for Social Sciences (SPSS) program. The survey results show that housing and food are the PNAES areas most developed in the IFES. Concerning the food actions, the University Restaurant (RU) is an activity with the highest prevalence, followed by food support and distribution of food/food baskets, which most often are a form of subsidy or support to RU. Regarding PNAES resources, it is noted that a significant portion is aimed at feeding actions, which allows us to deduce the importance given to the theme in the IFES. Furthermore, it is noted that these actions often use more than one type of resource. It is noticed that contrarily the less prevalent actions that tend to follow the decree provides guidance to the public to be served with PNAES resource, some RUs design this feature to serve the general public, a fact that should be reassessed by the IFES. It is emphasized that in spite of the educational potential that is in the development of food actions, its welfare character still prevails in the perception of the institutions. It is concluded that the food actions are a reality in the Brazilian Federal Universities, since the beginning linked to student assistance, and that, as well as other actions of this area, they are means of enabling the permanence of this new student profile in public higher education. Without these actions, the democratization policies of higher education are not enough. It was noticed that the execution of the actions by the Universities allows to fulfill the goal of PNAES regarding the minimization of socio-economic inequalities. However, with regard to the public attended, specially in the RU, and the articulation of the actions developed with teaching, research and extension activities, some institutions need to review their actions. It is believed that the development of food spaces actions could be better used in order to become educational opportunities.
Keywords: Ensino superior
Restaurantes
Políticas públicas
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Fronteira Sul
Acronym of the institution: UFFS
College, Institute or Department: Campus Chapecó
Name of Program of Postgraduate studies: Programa de Pós-Graduação em Educação
Type of Access: Acesso Aberto
URI: https://rd.uffs.edu.br/handle/prefix/721
Issue Date: 2015
metadata.dc.level: Mestrado
Appears in Collections:Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MUSSIO.pdf24,47 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.