Please use this identifier to cite or link to this item: https://rd.uffs.edu.br/handle/prefix/953
Type: Monografia
Title: Produção orgânica e agroecologia: um estudo com o grupo orgânicos do Comandaí
Author: Batista, Ana Paula
First advisor: Chassot, Tatiane
metadata.dc.contributor.referee1: Gorski, Daniel
metadata.dc.contributor.referee2: Trindade, Luiz Adriani Marques da
Resume: A agricultura orgânica vem sendo citada atualmente como uma alternativa de renda para a agricultura familiar no país, frente a crescente demanda das populações por alimentos saudáveis e seguros, além da notável compatibilidade entre as unidades de produção e os requisitos de tal sistema produtivo. Nesse contexto, o presente estudo tem como objetivo verificar se a agricultura orgânica desenvolvida em unidades de produção agropecuária no município de Cerro Largo, integrantes do grupo Orgânicos do Comandaí e vinculadas à Rede Ecovida de Agroecologia, tem a capacidade de assegurar a reprodução social dos agricultores que a desenvolvem. Por meio de visitas às seis unidades de produção atualmente integradas ao grupo no município, os agricultores foram entrevistados com base em um roteiro previamente determinado, que assegurou o foco nas questões centrais para a caracterização geral e análise técnico-econômica dos sistemas de produção, sendo reconhecidos aspectos ligados à trajetória de formação e constituição da unidade produtiva, desenvolvimento da agricultura orgânica, agroecologia e certificação da produção. Concluída essa etapa, o cálculo econômico na perspectiva da reprodução social foi empregado junto às unidades de produção que melhor retrataram as condições locais para uma proposta de transição agroecológica, bem como uma legítima caracterização da agricultura orgânica desenvolvida no município, sendo reconhecidas sob essa dinâmica, três propriedades rurais. Esse tipo de análise permitiu reconhecer a capacidade dos sistemas de produção em contribuir para a reprodução da sociedade, medida pelo valor agregado, e a capacidade dos sistemas em assegurar ou não a manutenção dos agricultores na atividade agropecuária, medida pela renda agrícola. Com base nos resultados obtidos, pode-se concluir que os produtores rurais do grupo Orgânicos do Comandaí, desenvolvem atividades pouco dependentes de insumos e equipamentos de origem industrial, sendo que a produção orgânica deriva de uma dinâmica própria dos agricultores em produzir para alimentar o grupo familiar, com base na diversificação da produção e na preservação dos ecossistemas locais. As propriedades estudadas através do cálculo econômico, estando elas em fase final de certificação ou em transição agroecológica, demonstraram assegurar a reprodução social dos produtores no estabelecimento agrícola.
Abstract: Organic agriculture has been cited currently as an alternative of income for family agriculture in the country, front the growing demand of the populations for healthy and safe food, in addition to the remarkable compatibility between production units and the requirements of such system productive. In that context, the present study has as objective check if organic agriculture developed in production units agriculture and cattle raising in the city of Cerro Largo, members of the group “Orgânicos do Comandaí” and linked to “Rede Ecovida de Agroecologia’’, has the ability of ensure the social reproduction of farmers that the develop. Through visits the six units of production currently integrated into the group in the municipality, the farmers were interviewed based on a script previously determined, that ensured the focus on the core issues for the general characterization and analysis of the technical-economic production systems, being recognized aspects connected the trajectory of training and constitution of the unit productive, development of organic agriculture, agoecologia and certification of production. The completion of this step, the economic calculation in the perspective of social reproduction was used next to the production units that best depict the local conditions para a transition proposal agroecological, as well as a legitimation characterization of the organic agriculture developed in the municipality, being recognised under this dynamic, three rural properties. This type of analysis allowed us to recognize the capacity of the production systems contribute to the reproduction of society, measured by the income of agricultural. Based on the results obtained, it can be concluded that the rural producers in the group “Orgânicos do Comandaí”, develop activities little dependent inputs and equipment, source indústria, being that the organic production is derived from a dynamic life of farmers produce to feed the family group, based on the diversification of production and in the preservation of local ecosystems. The properties studied through economic calculation, and they are in the final phase of the certification or transition agroecological, have been shown to ensure the social reproduction of farmers in the establishment of agriculture.
Keywords: Agricultura orgânica
Reprodução social
Agricultura familiar
Produção agropecuária
Cerro Largo
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Fronteira Sul
Acronym of the institution: UFFS
College, Institute or Department: Campus Cerro Largo
Type of Access: Acesso Aberto
URI: https://rd.uffs.edu.br/handle/prefix/953
Issue Date: 16-Nov-2016
Appears in Collections:TCC Agronomia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
BATISTA.pdf739,52 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.