Please use this identifier to cite or link to this item: https://rd.uffs.edu.br/handle/prefix/1003
Type: Monografia
Title: Educação das relações étnico-raciais em livros de literatura para crianças na educação infantil
Author: Andreolla, Aline Laura
First advisor: Irgang, Silvania Regina Pellenz
metadata.dc.contributor.referee1: Carvalho, Rodrigo Saballa de
metadata.dc.contributor.referee2: Bittencourt, Zoraia Aguiar
Resume: A presente pesquisa teve como objetivo apresentar olhares possíveis para as relações étnico-raciais a partir da literatura infantil como temática relevante no âmbito da educação infantil. Para isso, a metodologia escolhida foi a pesquisa bibliográfica e documental, na qual, dos documentos legais, livros infantis e outras escritas que tratam do tema foram base para o desenvolvimento desse trabalho. Apresentei ao longo da pesquisa os livros infantis escolhidos para análise: 1) Chuva de Manga (RUMFORD, 2005); 2) Obax ( NEVES, 2010); 3) As tranças de Bintou (DIOUF, 2007); 4) Bruna e a Galinha D’Angola (ALMEIDA, 2003); 5)O cabelo de Lelê (BELÉM, 2012); 6) Entremeio sem babado (SANTANA, 2007); 7) Betina (GOMES, 2009). A partir disso, elenquei duas categorias que se destacaram para a análise: lugar e personagem esta subdividida em: cabelo e relações afetivas. Além disso, foi possível construir outras proposições de trabalho em sala de aula envolvendo a discussão das relações étnico-raciais na Educação Infantil. Com os resultados obtidos na pesquisa, foi possível ampliar as possibilidades de trabalho pedagógico, refletir acerca do papel do negro nas histórias infantis, bem como conhecer um repertório cultural e geracional pouco valorizado na roda de conversa com as crianças da Educação Infantil sobre as relações étnico-raciais. Vivemos um tempo de legislações e direitos concedidos a todos, em igualdade, mas precisamos efetivar, desde a Educação Infantil tais direitos, dentre eles mostrar que a criança negra também tem sua cultura, sua identidade e que a literatura infantil tem trazido isso com mais propriedade. Contudo, no cotidiano da escola, essas histórias devem ser contadas, trabalhadas no coletivo como processo identitário, envolvendo a criança numa autoimagem positiva, e não de escravidão, servidão ou discriminação. Assim, trazer reflexões acerca desse tema me parece relevante para que possamos fortalecer o debate sobre a temática das relações étnico-raciais, das relações afetivas que essas histórias nos contam e nós, professoras, recontamos às crianças da Educação Infantil, oportunizando momentos de ensino e aprendizagem significativos e de respeito às diferenças.
Keywords: Literatura infantil
Relações étnicas
Proposta pedagógica
Educação infantil
Diversidade de raças
Language: por
Country: Brasil
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL
Acronym of the institution: UFFS
College, Institute or Department: Campus Erechim
Type of Access: Acesso Aberto
URI: https://rd.uffs.edu.br/handle/prefix/1003
Issue Date: Aug-2017
Appears in Collections:TCC Pedagogia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ANDREOLA.PDF1.09 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.