Please use this identifier to cite or link to this item: https://rd.uffs.edu.br/handle/prefix/3343
Type: Monografia
Title: Educação integral e educação não formal: perspectivas no Conselho Estadual de Educação de Santa Catarina
Author: Back, Larissa Brand
First advisor: Radin, José Carlos
Resume: O presente trabalho visa realizar uma aproximação crítica entre educação integral, educação não formal e o Conselho Estadual de Educação de Santa Catarina. Para tal, efetiva-se uma análise das atas das plenárias do Conselho, com vistas observar a participação do/as Conselheiro/as na sua contribuição para pensar/propor a educação não formal nos processos de educação integral. A pesquisa se desenvolve através da análise bibliográfica sobre a concepção de educação integral e educação não formal, sua história e sua aplicabilidade, temas estes abordados no primeiro capítulo por meio de alguns autores como Moll (2004), Brandão (2007), Trilla (2008), Gadotti (2009), Gohn (2010) entre outros. Já a segunda parte do trabalho versa acerca da institucionalização da participação através dos conselhos de direitos e de políticas públicas, fazendo uma breve retrospectiva histórica a partir da década de 1980 e também elencando algumas possibilidades e entraves destas instâncias de participação. As reflexões são realizadas a partir de Pateman (1992), Jacobi (2002), Ciconello e Moroni (2005), Krüger (2008), Avritzer (2009) e outros. E por último, o terceiro capítulo apresenta considerações sobre a pesquisa documental realizada nas pautas e atas das sessões das plenárias ordinárias do CEE/SC. Diante de tal, identificou-se a necessidade de um aprofundamento das discussões a respeito da educação não formal e educação integral, uma vez que o Conselho Estadual de Educação possui uma função deliberativa e fiscalizatória no Estado. A monografia busca contribuir para repensar como inserir a educação não formal nos processos de educação integral na contemporaneidade.
Abstract: The present work aims to do a critic approach among integral education, no formal education and State Board of Education from Santa Catarina. Thus, it is effective an analysis of plenary redords from Board, in order to see the participation of Board members in the contribution to reflect no formal education in the process of integral education. The research is developed through bibliographic analysis about the conception of integral and no formal educationl, its history and aplicability, themes pointed in the first section by some authors like Moll (2004), Brandão (2007), Trilla (2008), Gadotti (2009), Gohn (2010) among others. The second part of the work is concern institucionalization of participation through the borders of rights and public politics, making a short historic retrospective from the decade of 1980 and also listing some possibilities and barriers about these participation instances. The reflections are done from Pateman (1992), Jacobi (2002), Ciconello and Moroni (2005), Krüger (2008), Avritzer (2009) and others. So, the third caption presents considerations in respect to a documental research done in the tariffs and records from ordinary plenary sections of CEE/SC. In front of that, it was identified the necessity of a deepening of discussions about integral and no formal education, once that the State Board of Education has a deliberative and monitor function in the State. The monograph wants contributing to think again how to insert no formal education in the process of integral education in the contemporaneity.
Keywords: Educação integral
Educação não formal
Políticas públicas
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Fronteira Sul
Acronym of the institution: UFFS
College, Institute or Department: Campus Chapecó
Type of Access: Acesso Aberto
URI: https://rd.uffs.edu.br/handle/prefix/3343
Issue Date: 2012
Appears in Collections:Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
BACK.pdf872,28 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.